Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Pesquisa Personalizada
Início >>Categorias>>Construção>>Confecção de sapata
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Como fazer a fundação para construção de casas


Escolhido o tipo de fundação da construção, alguns passos são necessários para a sua construção, independentemente de qual for o tipo mais adequado:

  1. O fundo das valas e buracos devem ser sempre socados e nivelados; Mas lembre-se: compactar a terra não irá aumentar a resistência dela. Serve apenas para nivelá-la;
  2. Colocar uma camada de brita 2 para que a ferragem seja depositada – isso atenuará a infiltração de água pela chamada “ascensão capilar”. Entre a brita e a ferragem devem ser colocados espaçadores plásticos, para que o concreto que será lançado ocupe o espaço entre a ferragem e o solo, evitando o contato dos ferros com a umidade o que, lá na frente, causará sua oxidação.

Para executar a fundação, imaginando que você utilize sapatas, você tem duas perguntas a fazer:

1 - Quantas sapatas são necessárias?

Naturalmente, vai depender do tamanho da obra; em média, para cada 60 m2 de construção, aconselhamos pelo menos 9 sapatas, como é mostrado na figura abaixo:

modelo de colocação de sapatas em uma construção

2 - Qual a profundidade e a medida das sapatas?

Como já dissemos, depende da construção e do tipo do terreno. Neste site, para servir de exemplo, estamos considerando uma casa padrão, sobre a qual se poderá erguer um pavimento extra, mantendo-se as mesmas funções e alicerces. Assim, estes são os valores:

Tipo de terreno Dimensões Profundidade
Rochoso (muito firme) 40 x 40 cm 50 cm
Arenoso (compacto) 40 x 40 cm 60 cm
Úmido (de boa resistência) 100 x 100 cm 80 cm

Atenção com os terrenos úmidos ao fazer as fundações: Quando mencionamos terrenos úmidos estamos nos referindo às áreas com lençol de água no nível das fundações. Se você começar a cavar e surgir água facilmente, precisará drenar o local utilizando bombas especiais para esgotar totalmente o lençol de água

Uma boa sapata depende de dois pontos fundamentais: o concreto e a ferragem. O interior da sapata é constituído da malha de ferro, conforme mostrado na figura 6.

A malha será feita fora do buraco, nas medidas informadas na tabela já fornecida. Use um ferro na vertical para cada 20 cm de malha; assim, em uma sapata de 40 x 40 cm, teremos 9 ferros de 1/4" na vertical, com estribos de 3/16", também colocados a cada 20 cm.

O buraco será um pouco maior que a malha, de forma que o concreto envolva os ferros por completo.

Antes da malha ser colocada no buraco, deve-se espalhar uma camada de brita no fundo, onde ela assentará.

malha para confecção de uma sapata

A amarração dos ferros é feita com arame cozido. Há várias formas de amarração, mas a mais simples é a mostrada na figura 7. Passe o arame conforme indicado; depois, junte as duas pontas para torcê-la, com o alicate, da esquerda para a direita. A amarração é muito importante, pois evita que os ferros fiquem escorregando e saindo da posição desejada. Com um mínimo de treino, você aprenderá a amarrar os ferros rapidamente.

amarração dos ferros de uma sapata

amarração dos ferros do alicerce aos ferros da sapata

Partindo do fundo da malha, amarrados nos ferros centrais, ficarão os ferros para a coluna. Eles se projetaram 80 cm acima da malha e suas dimensões dependerão da largura do tijolo a ser usado (serão sempre um pouco menores que a largura do tijolo utilizado para erguer a parede). Sobre o assunto, é importante ler sobre os alicerces, paredes e vigas/ colunas.

A figura 8 acima mostra como os ferros da coluna devem ser colocados dentro da malha da sapata. Para a nossa casa padrão, pode usar para estes ferros a bitola 3/16", inclusive nos estribos. Estribos, como você já sabe, são os ferros menores, que neste caso estão colocados na horizontal. Embora as dimensões variem, deve-se usar a mesma proporção, ou seja, um ferro para cada 20 cm, seja na vertical ou na horizontal.

Veja também: concreto para as fundações

Impermeabilização de fundações

Impermeabilizar a fundação é muito importante. A água proveniente do solo afeta o concreto, sua armação, o revestimento das paredes e até a tinta. Além disso, contribui para tornar o ambiente insalubre com umidade, fungos e mofo, diminuindo a vida útil da construção.

Uma boa impermeabilização das fundações tem custo inferior a 2% da obra. Corrigir problemas causados por umidade posteriormente podem custar muito mais do que isso.

Normalmente utiliza-se material a base petróleo (pixe) para a impermeabilização.

Baldrame

Veja como fazer a impermeabilização do baldrame na figura a seguir:

É imprescindível impermeabilizar o baldrame

Radier

Como o radier tem uma área mais extensa e sujeita às fissuras, o melhor é utilizar um sistema de impermeabilização mais flexível como as mantas asfálticas.

Veja abaixo como fazer para impermeabilizar o radier:

Para impermeabilizar o radier deve-se usar a manta asfáltica que é mais flexível

Sapata

Normalmente capea-se a toda a superfície da sapata (lateral e topo) com argamassa impermeável. Após a secagem, aplica-se tinta asfáltica impermeável com uma trincha.

Impermeabilizasse a sapata com argamassa impermeável e tinta asfáltica

 

Veja também:

Pesquisa Personalizada

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet