Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Google
Início >>Categorias>>Construção>>Laje
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Laje

parte 2


anterior

Laje pré moldada ou pré fabricadas

Muito utilizadas hoje em dia, as lajes pré-moldadas facilitaram muito a construção, tornando a execução das lajes mais simples, rápida e barata, pois reduzem a necessidade de formas e  escoras e, consequentemente, a mão de obra de carpintaria.

São conhecidas por esse nome por que são produzidas em fábricas e já chegam prontas ou semi-prontas na obra.

Na maior parte dos casos, são formadas por dois elementos básicos, que devem ser encaixados e montados na própria obra.

  • O primeiro elemento são vigotas T (em formato de T invertido ou de cabeça para baixo ou, ainda, “comuns”) ou vigotas treliçadas, pré-moldadas em concreto armado. Elas são entregues prontas para serem usadas na obra. Elas tem tamanhos padronizados;

As vigotas podem ser em T ou treliçadas - devem ser escolhidas conforme o tamanho do vão a ser vencido

    O segundo elemento básico são placas de isopor (EPS) ou lajotas cerâmicas ou de cimento, padronizadas para serem encaixadas entre duas vigotas, ficando apoiadas nas mesmas. Elas servem de guia para medir a distância entre as vigotas. Por isso, as lajotas devem ter sempre o mesmo tamanho.

As lajotas cerâmicas tem medidas padronizadas e devem ser escolhidas conforme as características da laje

O uso de lajota ou eps deve levar em consideração o peso total da laje

A montagem da laje é feita posicionando-se as vigotas em paralelo, em distância regular e igual entre elas, apoiadas nas paredes dos vãos ou vigas, cobrindo toda a extensão a ser fechada. As vigotas devem se apoiar pelo menos 5 cm de cada lado da parede.

Nunca deixar de apoair pelo menos 5 cm de cada vigota na parede

O espaço que fica entre uma vigota e outra é preenchido pelo isopor ou pelas lajotas, colocadas em sequência, uma atrás da outra, e apoiadas em forma de encaixe nas vigotas.

Existem medidas padronizadas para as lajotas e para as placas de isopor.

Não é utilizado material de preenchimento entre as vigotas nas lajes de painéis treliçados e nas lajes alveolares.

Depois da montagem, são colocados vergalhões transversais às vigotas, formando malhas de ferro. Além disso, para obter a perfeita amarração e resistência da laje, são necessários os negativos (armadura negativa).

Nunca deixe de usar os negativos na laje pois eles aumentam a resitência da mesma a determinados tipos de esforços

Por negativos, entende-se os ferros colocados tanto no sentido transversal das paredes internas como nos apoios intermediários juntando as vigas; devem ser feitos na mesma bitola da ferragem da laje, com 1,5 a 2 metros de comprimento e reforçam a cobertura.

Em seguida, é jogada uma camada de concreto, de altura variável (varia devido a que?), que adere às vigotas e aos vergalhões, formando uma estrutura única e rígida.

O que utilizar na laje: vigota t ou vigota treliçada?

As vigotas T têm dimensões padronizadas. As lajes pré-moldadas comuns vencem vãos até 5m entre os apoios. Em geral, os seus comprimentos variam de 10cm em 10cm.

A vigota treliçada utiliza vergalhões soldados entre si formando uma treliça. Por isso, essa laje pode vencer vãos de até 12m entre apoios.

Em resumo: se o vão for até 5 m, pode-se utilizar vigota T; se for maior, deve-se utilizar vigota treliçada.

Vamos agora ver algumas variações mais comuns das lajes pré-moldadas.

Laje treliçada

Laje treliçada é um tipo de laje pré-moldada ou pré-fabricada composta por vigotas com armações treliçadas.

As treliças aumentas a resistência das vigotas permitindo que uma laje feita com elas vença vãos maiores

Entre elas devem ser encaixadas as placas de isopor (EPS) ou as lajotas de cerâmica ou cimento.

As treliças aumentam a resitência das vigotas

Ela surgiu na Europa com o propósito de ser uma opção mais barata que as lajes de concreto.

Vantagem da laje treliçada
  • possibilitam vencer vãos maiores (até 12 m) pois, devido às treliças de aço das vigotas, proporcionam maior rigidez ao conjunto.

Laje de isopor (ou laje eps)

A laje de isopor utiliza no lugar das lajotas (de cerâmica ou concreto) placas de isopor. É também conhecida pelo nome de EPS devido ao material que são feitas as placas – poliestireno expandido - conhecido popularmente como isopor.

Também inclui uma estrutura feita com vigotas T ou treliçadas para criar o suporte para as placas de isopor a serem encaixadas e utiliza ferro (malha de ferro) em cima das placas de isopor que deve ser coberto por concreto.

Uma das vantagens da laje de isopor é reduzir o peso total da construção

Vantagens da laje de isopor
  • É mais leve do que as de concreto e as pré-fabricadas que utilizam lajotas, reduzindo o peso nas estruturas e fundações;bom isolamento térmico e acústico
  • Sua montagem é mais rápida;
  • Facilidade de passar tubulações e conduítes, pois o isopor pode ser cortado com uma faca, serrote ou até mesmo um soprador de ar quente.
Desvantagens da laje de isopor
  • Não permite furos: por isso, para fazer o acabamento com chapisco ou gesso é necessário utilizar uma cola especial para assegurar a aderência.
Isopor para laje

São as placas de isopor utilizadas em lajes pré-moldadas e que substituem as lajotas de cerâmica ou concreto, tornando o peso total da laje menor sem comprometer sua resistência e reduzindo o tempo de montagem.

Existem medidas padronizadas para as placas de isopor para lajes:

Referência Dimensões Cubagem Pç/m³
H6.5 1000 X 330 X 65 mm 0.02145 46
H7 1000 X 330 X 70 mm 0.0231 43
H7.5 1000 X 330 X 75 mm 0.02475 40
H8 1000 X 330 X 80 mm 0.0264 37
H8.5 1000 X 330 X 85 mm 0.02805 35
H9 1000 X 330 X 90 mm 0.0297 33
H9.5 1000 X 330 X 95 mm 0.0313 31
H10 1000 X 330 X 100 mm 0.033 30
H11 1000 X 330 X 110 mm 0.0363 27
H12 1000 X 330 X 120 mm 0.0396 25
H13 1000 X 330 X 130 mm 0.0429 23
H14 1000 X 330 X 140 mm 0.0462 21
H15 1000 X 330 X 150 mm 0.0495 20
H16 1000 X 330 X 160 mm 0.0528 18
H15 1000 X 330 X 150 mm 0.0495 20
H16 1000 X 330 X 160 mm 0.0528 18
H20 1000 X 330 X 200 mm 0.0660 15
H25 1000 X 330 X 250 mm 0.0825 12

Laje de painéis treliçados

São utilizados painéis de concreto treliçados – mais largos do que as vigotas – que na montagem ficam encostados uns nos outros, formando a própria forma para o concreto.

Na laje de painel treliçado as vigotas ficam encontadas não sendo usado isopor ou lajotas entre elas

É um tipo de laje pré-fabricada que permite que grandes vãos sejam vencidos.

Não é tanto utilizada, pois chega a ficar 30% mais cara do que as lajes pré-fabricadas que utilizam lajotas ou placas de isopor.

Lajes alveolares

É um tipo de laje pré-fabricada utilizada quando é preciso vencer grandes vãos e espaços amplos. Até por isso, é pouco utilizada em residências.

A laje alveolar é constituída de grandes painéis de concreto e com alvéolos (cavidades ocas) – daí seu nome- deixando o painel mais leve. Mesmo assim, é necessário utilizar guindaste para colocar os painéis na obra.

A laje alveolar precisa de guindaste para ser colocada

Vantagem da laje alveolar
  • Dispensa serviços de carpintaria para armação e revestimento;
  • Tem bom acabamento inferior.
Desvantagem da laje alveolar
  • Requer o uso de guindaste para sua colocação.

próxima

Veja também:

Google

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet