Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Pesquisa Personalizada
Início >>Categorias>>Dívidas>>Dúvidas sobre protesto de dívidas
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Protestos - as dúvidas mais comuns em relação ao SPC e SERASA

parte 2


Anterior

Dúvida 4: Minha esposa foi revendedora de uma empresa de cosméticos de grande porte, mas adquiriu uma dívida com a empresa, por conta disso o nome dela consta nos registros de SPC/SERASA. Quero negociar esta pendência. Ligo para a empresa e por duas vezes recebo a mesma informação (sua proposta será encaminhada para seu endereço dentro de 15 dias). Qual procedimento devo tomar, pois preciso da retirada urgente dos registros de SPC/SERASA.

Não ocorrendo o recebimento dentro do prazo fornecido pela empresa (15 dias), notifique-a através dos correios com AR (Aviso de recebimento), caso eles permaneçam sem lhe fornecer as informações, o único caminho é efetuar a consulta junto ao SPC verificar o quanto é devido e atualizar com juros de 1% ao mês para as providências do depósito consignado em Juízo além de solicitar especificações de provas.

Dúvida 5: No dia 20/10/2008 recebi uma ligação do guia telefônico confirmando os dados da empresa onde trabalho. Eu confirmei e ela me passou um fax pedindo que eu assinasse e mandasse de volta perguntei se eu teria que pagar pelo serviço e ela me falou que não, que era do ano passado. No dia 24/10/2008 eles me ligaram falando que o meu nome e o da empresa vão para cartório porque eu assinei o contrato só que fui enganada. Estão cobrando uma entrada de R$ 284,00 mais 12 vezes do mesmo valor. Eles podem fazer isto?

Essa prática está sendo comum por algumas empresas que desrespeitam os consumidores. Importante você requerer o Cancelamento dessa prestação de serviços, em virtude do contrato assinado. Vale lembrar que não se deve assinar qualquer documento quando não se sabe do seu inteiro teor, procure ajuda de um profissional que tenha conhecimento. Neste caso específico analise as cláusulas que estão expressas no contrato.

NUNCA forneça seus dados pessoais ou da empresa para qual você trabalha pelo telefone, afinal você nunca saberá das intenções da pessoa que está colhendo essas informações. Caso haja protesto, a sua empresa deverá, através de um advogado, ingressar com Ação de Sustação de Protesto para não ficar com o nome lançado no banco de dados de maus pagadores e passar a discutir a eficácia do documento - contrato.

Dúvida 6: Assinei um contrato com uma escola de supletivo que a mensalidade é de R$ 99,00. Frequentei apenas algumas aulas, nem cheguei a fazer provas, sendo que o supletivo era de 6 meses. Não paguei nem a primeira mensalidade, agora a escola está me cobrando R$ 150,00 reais por atraso. Gostaria de saber como proceder para o cancelamento.

Neste caso especifico há existência de um Contrato firmado entre as partes, ou seja, foi contraída uma obrigação. Portanto, sugiro que procure a escola para pleitear um acordo em virtude do contrato encontrar-se em aberto e inadimplente de sua parte. Importante não aceitar abusos na cobrança, em último caso procure exercer os seus direitos, mas não se esqueça da obrigação anteriormente contraída.

Dúvida 7: Sou cliente e usuária de telefonia móvel da Claro, e tenho uma pendencia de conta no valor de R$ 1.100,00. Liguei para a operadora e ela me informou que o pagamento somente poderia ser pago com cartão de credito (parcelado em 05 vezes) ou pagamento em boleto (03 vezes). Não possuo cartão de crédito, e o valor para pagamento em 03 vezes no boleto é impossível pagar. O que deveria fazer para poder pagar?

Infelizmente essas são as regras impostas aos consumidores. Como no seu caso você não tem outra alternativa a não ser pagar de forma parcelado, sugiro que você tente mais vezes parcelar essa dívida dentro de suas condições sem envolver cartões, cheque pré, nota promissória ou terceiros. Em último caso deve-se elaborar um Planejamento Financeiro diário e mensal, fazer alguns sacrifícios no cortando alguns gastos existentes supérfluos. Junte o dinheiro e pague as faturas via Boleto.

Dúvida 8: Abri uma empresa em agosto, porém, não obtive o êxito esperado. Tenho uma dívida que soma R$ 3.000,00 na conta da empresa (limite, cartão e empréstimo), que não poderei mais pagar a partir desse mês. Na minha conta pessoa física, a dívida soma R$ 9.000,00 em empréstimos e R$3.000,00 no cartão de credito. Não tenho como pagar mesmo, nem R$ 20,00 por mês. Moro com meu namorado em um apartamento alugado, não tenho carro. Dentro do apartamento a TV, geladeira, fogão e máquina de lavar (todos bem usados) são as unicas coisas de valor. Gostaria de saber se estes itens podem ser penhorados. Estamos (meu namorado e eu) pensando em casar em janeiro. Ele seria responsabilizado por estas dívidas? Pretendo conseguir trabalho para negocia-las, quanto tempo leva para que os credores executem e peçam penhora?

O tempo exato para executar a dívida dependerá do prazo prescricional ficando a critério do credor. Referente a penhora a Justiça lhe concederá prazo para pagamento do débito, apresentar embargos à execução/terceiros. O seu namorado não será responsabilizado por não contar no contrato social sua empresa.

Veja também:

Pesquisa Personalizada

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet