Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Google
Início >>Categorias>>Antenas>>CATV
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Antena parabólica - Sistema CATV

parte 2


Anterior

O LNB ou LNBF fica na extremidade da bengala, posicionada no centro da antena parabólica e converte o sinal recebido do satélite, que é refletido na parabólica. O LNB é o "irmão" mais velho do LNBF. A diferença é que para funcionar o LNB precisa de um Servo Motor acoplado a ele e o LNBF, com tecnologia mais moderna, faz isso de forma eletrônica muito mais precisa e durável.

O LNBF pode ser Monoponto (para um TV) ou Multiponto, para mais de um TV, onde, dependendo da distância entre os televisores se faz necessário o uso de amplificadores de linha na instalação.

Existem hoje 31 canais analógicos disponibilizados no satélite Starone C2. Os canais analógicos Banda C são gratuitos, sem custo algum para o telespectador. Para assistí-los é só instalar um sistema para recepção de sinal de TV via satélite Banda C.  

Sobre o tamanho da Antena, não existe um tamanho padrão, pois cada região exige um diâmetro mínimo. Uma antena de diâmetro inferior ao necessário irá comprometer seriamente o desempenho do seu sistema. Em último caso, na impossibilidade de obter esta informação, será mais seguro optar por uma antena com diâmetro mínimo de 2 metros, pois quanto maior o diâmetro, melhor será o sinal.

antena parabólica para catv ou banda c

Apontando uma Antena Parabólica para os satélites

Primeiramente você deverá saber qual a posição da antena, ou seja, qual o azimute e elevação para o satélite desejado. Azimute: é o posicionamento da antena em relação (direita/esquerda). Ex.: um azimute de 10 graus significa que a antena ficará apontada 10 graus à direita do Norte, um azimute de 350 graus significa que a antena ficará 10 graus à esquerda do Norte (360° - 350° = 10º).

Depois da antena bem fixada, seja no chão, na laje ou outro local, é muito importante que o tubo de fixação não tenha nenhum balanço e que esteja no prumo.

Coloque a antena no tubo de fixação, aperte um pouco os parafusos, sem trava-los, porém não permitindo movimentos da antena sem que você os faça (cuidado para não exagerar na força e empenar a antena).

Agora você fará a conexão dos cabos conforme manual do fabricante da antena e receptor, isolando as conexões externas, com fita de auto fusão e fita isolante, para evitar a oxidação dos componentes. Após isso você já pode ligar tudo, observando antes se a rede elétrica está de acordo com o equipamento.

Nas antenas por assinatura (banda KU), você terá um inclinômetro (marcador da elevação) na própria antena, mas, nas antenas banda C, talvez seja necessário um medidor externo, mesmo que improvisado com um transferidor acoplado a um pêndulo. O que você precisa é saber a inclinação da antena em relação ao solo (use sua criatividade).

Próxima

Google

Fazer Fácil - Política de Privacidade