Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Google
Início >>Categorias>>Cloud Computing>>Cloud computing X TI tradicional
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Provedores de serviços de cloud computing X provedores tradicionais de serviços de TI


Provedores tradicionais de serviços de TI operaram o hardware, software, redes e armazenamento para seus clientes. Enquanto o cliente paga as taxas de licenciamento para o software, o prestador de serviços de TI gerencia o ambiente global. O provedor de serviços opera a infraestrutura em suas próprias instalações. Com prestadores de serviços tradicionais de TI, o cliente assina um contrato de longo prazo que especifica níveis mutuamente acordados de serviço (SLA). Estes provedores de serviços de TI tipicamente personalizam um ambiente para atender às necessidades de um cliente. Esse modelo não está livre de problemas - veja Problemas na TI tradicional.

No modelo de cloud computing, o provedor de serviços pode ainda operar a infraestrutura em suas próprias instalações (exceto no caso de uma nuvem privada). No entanto, a infraestrutura pode ser virtualizada través do o mundo inteiro, o que significa que uma empresa pode não saber onde realmente os recursos de computação, aplicativos, ou mesmo os dados realmente residem. Além disso, esses prestadores de serviços projetam sua infraestrutura para escalar, o que significa que não há necessariamente um monte de configurações sendo feitas.

Vantagens do cloud computing sobre a TI tradicional

Um dos benefícios mais imediatos de serviços de infraestrutura baseados em cloud computing é a capacidade de adicionar rapidamente mais recursos e com custos mais baixos. Assim, os serviços de cloud computing permitem que os negócios ganhem recursos de TI a medida que necessários, poupando tempo e dinheiro. Por ser capaz de se mover mais rapidamente, a empresa pode se adaptar às mudanças no mercado sem complexos processos de aquisição de equipamentos.

Um prestador de serviços típicos de cloud computing tem economias de escala (vantagens de custo que decorrem da capacidade de espalhar custos fixos por mais clientes) que faltam a uma empresa típica. Como mencionado anteriormente, a capacidade de autoatendimento dos serviços de cloud computing significa que é mais fácil para a equipe de TI adicionar mais ciclos de computação (mais recursos da CPU acrescentados em base incremental) ou de armazenamento para atender uma necessidade imediata ou intermitente.

Com o advento do cloud computing, uma organização pode experimentar um novo aplicativo ou desenvolver uma nova aplicação sem investir primeiro em hardware, software e rede.

Empresas muitas vezes são desafiados a aumentar as funcionalidades de TI, minimizando os gastos de capital. Ao comprar a quantidade necessária de recursos de TI para atender a demanda, a organização pode evitar a compra de equipamentos desnecessários. Sempre há trade-offs em qualquer situação de negócios. Prestadores de serviços de cloud computing oferecem este tipo de capacidade em uma base pro rata. Um vendedor de serviços de cloud computing pode alugar capacidade de armazenamento baseada em custo por gigabyte.

Uma empresa pode reduzir significativamente os custos ao usar os serviços de cloud computing e, em seguida, pode achar que suas despesas operacionais aumentaram mais do que o previsto. Em outras situações, a empresa já pode ter comprado recursos vultosos de TI e pode ser mais viável usá-los para criar uma nuvem privada. Algumas empresas enxergam a TI como seu negócio principal e, portanto, consideram-na como fonte de receita. Essas empresas vão querer investir em seus próprios recursos para proteger o seu valor.

Google

Fazer Fácil - Política de Privacidade