Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Pesquisa Personalizada
Início >>Categorias>>Direito e Leis>>Assédio moral no trabalho, como se defender
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Assédio moral no trabalho - saiba como se defender


O assédio moral ocorre quando trabalhadores são expostos, com frequência, a situações humilhantes e constrangedoras diante de outros colegas. Pode ser uma vigilância excessiva, isolar um funcionário do grupo, não repassar trabalho algum a ele, exigir tarefas que não tenham a ver com sua função ou zombar de alguma característica dele.

“O trabalhador começa a sofrer só em pensar que no dia seguinte vai ter que se levantar e enfrentar aquele ambiente”, comenta uma psicóloga forense.

O assédio geralmente é praticado por alguém em posição de comando, mas também pelos próprios colegas de trabalho. Muitas vezes o trabalhador precisa mudar de emprego.

A legislação específica sobre assédio moral no Brasil ainda está em elaboração, mas algumas cidades já aprovaram projetos de lei que condenam a prática, que preveem multa, advertência e até demissão dos assediadores.

De qualquer forma, as vítimas podem entrar na Justiça com base no dano moral trabalhista ou no direito ao ambiente de trabalho saudável, garantidos na Constituição Federal.

Preocupada com as ações dos funcionários, várias empresas de telemarketing estão implantando sistemas para evitar ações de desrespeito. Quem ocupa cargo de chefia passa por treinamento para saber lidar com a equipe. A cada certo número de meses, todos participam de uma pesquisa de satisfação, onde podem fazer denúncias sem se identificar.

Os apelidos que alguns colegas de trabalho colocam nos outros também podem ser considerados uma forma de assédio moral. As denúncias podem ser feitas diretamente no Ministério do Trabalho.

Chefes que ameaçam constantemente demitir determinado funcionário, críticas abertas na frente de todos os demais companheiros de trabalho, determinados tipos de premiações onde quem não atingiu metas ou ficou abaixo do grupo é humilhado, cada vez mais esses são casos considerados de assédio moral pelos juízes do trabalho.

Se você se enquadra em alguma situação acima, não hesite em denunciar.

O assédio moral cada vez mais vem sendo condenado nas decisões dos juízes

Veja também:

Pesquisa Personalizada

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet