Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Google
Início >>Categorias>>Redes>>Cabeamento de rede
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Cabeamento de rede


Cabos montados e topologia escolhida, está na hora de iniciar a montagem da parte física da rede, mais conhecida como cabeamento.

Isto será simples se você possuir apenas duas ou três máquinas para serem interligadas em uma mesma sala, mas pode tornar-se um pouco mais trabalhoso se você possuir várias máquinas em diferentes salas

Planejar antes

Principalmente no segundo caso, é conveniente traçar um plano para a rede antes de começar a executar a montagem. Aliás, o ideal era ter realizado esse plano antes mesmo de montar os cabos, já que, assim, você saberia quantos cabos seriam necessários para montar a rede, quais medidas e em quais lugares você teria de abrir buracos, utilizar canaletas e instalar pontos de rede. Esse traçado inicial do projeto definirá, aliás, as partes da rede nas quais poderemos adicionar máquinas, qual a quantidade, e se teremos de utilizar hubs, switches ou um roteador.

Se você tem pouco espaço e poucas máquinas, pode traçar seus planos de rede simplesmente com uma fita métrica e um giz: basta medir as distâncias com a fita métrica e assinalar os locais onde deseja inserir pontos de rede ou passagem de canaletas.

Se você possui uma área maior para situar seu planejamento, ou várias estações de trabalho, precisará de dois elementos essenciais: visão para saber o que fazer com o espaço físico e qual a melhor maneira de alocar seus recursos; e documentação para registrar o que foi feito.

Neste caso, além de fita métrica e giz, você precisará de um computador e de softwares que o auxiliem na montagem da rede, como, por exemplo, o Microsoft Visio, que possui diversos objetos para a montagem de rede e até alguns modelos (templates) de traçado de rede prontos.

Tela do Microsoft Visio

Após traçar seu plano, é a vez de esticar os cabos nas posições em que eles ficarão na rede. Para apenas dois ou três micros em rede, você pode esticar cabos já crimpados (desde que tenha realizado a medição antes e visto que eles são suficientes para interligar as máquinas). O ideal, na verdade, é que você monte cabos um pouco maiores do que o necessário - caso haja movimentação das máquinas ou necessidade de mudar a rede de lugar, os cabos não serão perdidos, nem será necessário arrebentar canaletas e refazer a rede.

Falamos em cabos maiores, mas tome cuidado para que eles não fiquem embolados, pois, apesar de uma simples torção não ser suficiente para comprometer a utilização de um cabo de rede, dobras ou torções contínuas são capazes de estragar até os cabos blindados de boa qualidade. Em cabos coaxiais, a torção pode ser fatal para todo o segmento de rede

Próxima

Veja também:

Google

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet