Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Google
Início >>Categorias>>Redes>>Protocolo SMB e o SAMBA
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Protocolo SMB e o SAMBA


Após interligar as máquinas com um cabo de rede e configurá-Ias está na hora de aproveitar o que uma rede pode trazer a seu favor.

Vamos começar pelo principal: o compartilhamento de recursos. Por meio da rede, podemos, por exemplo, favorecer um computador com pouco espaço em disco rígido, propiciando-lhe o espaço sobressalente do HD de outra máquina e fazendo com que ele acesse e salve arquivos como se estivesse em sua máquina local. Essa modalidade é chamada, simplesmente, de compartilhamento de rede ou compartilhamento de arquivos.

Também é possível compartilhar dispositivos físicos: isso inclui drives de CD-ROM, gravadores de CD/DVD, drives.

Instalação do compartilhamento de arquivos

O compartilhamento de discos rígidos, diretórios (pastas) e dispositivos fixos no Windows utiliza o protocolo SMB (Server Message Block, ou Bloco de Mensagem de Servidor), que, por sua vez, é uma implementação, feita pela Microsoft, das facilidades de intercomunicação de conteúdo de um outro protocolo, o NetBIOS. O SMB possui seu equivalente livre, que é utilizado para compartilhar arquivos e dispositivos em redes Linux: o SAMBA. Mas, como nosso objetivo, por hora, é montar um compartilhamento simples, basta que você saiba que ele existe e que falaremos dele com mais detalhes ao tratar da montagem de servidores de rede nos sistemas Linux.

Em uma rede ponto-a-ponto constituída de duas máquinas rodando Windows XP, com os IPs 192.168.0.1 e 192.168.0.2, vamos compartilhar a partição Arquivos de 192.168.0.1, com mais de 1 GB livre, para que a máquina 192.168.0.2 consiga salvar seus arquivos nela. Esta operação visa, principalmente, reunir todos os arquivos de trabalho ou uso pessoal em um único local, mas, em outras circunstâncias, também poderia ser utilizada para dar sobrevida a máquinas antigas, que não possuem mais espaço em disco para guardar seus arquivos, ou que não suportam a instalação de impressoras USB ou gravadores de CD. Para isso, siga os passos a seguir:

  1. Ligue os dois computadores. No menu Iniciar, aponte para Configurações> Conexões de Rede;
  2. Clique com o botão direito do mouse em Conexão Local > Propriedades;
  3. Veja se as opções Cliente para redes Microsoft e Compartilhamento de arquivos e impressoras para redes Microsoft estão instaladas. Se não estiverem, clique no botão Instalar;
  4. Na tela a seguir (Selecionar tipo de componente de rede), clique em Cliente> Adicionar. Selecione Cliente para redes Microsoft e clique em OK;
  5. Clique novamente no botão Instalar e, em seguida, em Serviços. Clique no botão Adicionar e, na tela seguinte, selecione a opção Compartilhamento de arquivos e impressoras para redes Microsoft. Na aba Geral, esses serviços passarão a aparecer habilitados;
  6. Repita o processo na outra máquina se necessário.

Veja também:

Google

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet