Fazer Fácil, o maior site de ensino de coisas práticas do Brasil
Pesquisa Personalizada
Início >>TV por assinatura>>Como o canal é desbloqueado / decodificado
Fazer Fácil também está no Twitter Fazer Fácil também está no Youtube

Como o canal é desbloqueado / decodificado


Existem várias formas de desbloquear canais sem pagar a assinatura de pacotes contendo eles. Veremos todas essa formas mas lembramos antes,  que todas são ilegais, apesar de estarem amplamente disponíveis no mercado.

O desbloqueio sempre é feito através de um receptor/ decodificador pirata que roda um programa que permite que ele ou compartilhe um cartão de decodificação da operadora de TV por assinatura (tecnologia “CS, card sharing, ou compartilhamento de cartão) ou que ele que receba as chaves para decodificação dos canais (tecnologia IKS ou SKS).

Tanto as informações do cartão quanto ou as chaves para decodificação são atualmente fornecidas pela Internet através de um servidor. O acesso a esse servidor pode ser pago ou não, dependendo do receptor/ decodificador pirata que a pessoa usa.

Vamos dividir a forma de desbloquear/ decodificar canais pelas duas maneiras como os sinais são transmitidos: satélite e cabo.

Desbloqueio de canal na transmissão via satélite

  1. Depois de instalar aparelho e a parabólica, o sinal contendo todos os canais chega até a casa da pessoa normalmente;
  2. O receptor/ decodificador verifica o tipo de transmissão que está entrando na antena;

Nesta segunda etapa, o receptor/ decodificador precisa de dois programas para que ele consiga interpretar as chaves codificadas da TV por assinatura. O primeiro serve para sintonizar os canais, e o segundo para decodificá-los/ desbloqueá-los.

E aí que entra o receptor/ decodificador pirata: o programa instalado nele ou receberá as informações compartilhadas de um cartão de acesso válido da operadora de TV por assinatura ou receberá as chaves para decodificação dos canais. Essa recepção normalmente é feita pela Internet e consumo pouquíssima banda.

Se os dados do cartão ou as chaves para decodificação estiverem desatualizadas, então o receptor/decodificador pirata vai apresentar mensagens como "Canal codificado" ou "Sem sinal". Do contrário, tudo vai “florir” perfeitamente.

No caso de transmissão via satélite, basta ter uma antena instalada corretamente para receber os sinais da operadora de TV por assinatura, o receptor/ decodificador pirata e acesso a algum servidor que compartilhe os dados para desbloquear os canais.

Desbloqueio de canal na transmissão via cabo

 Como o sinal é transmitido via cabo, a pessoa precisar ter um cabo que forneça os sinais da operadora para o receptor/ decodificador pirata. Ou esse cabo vai ser uma extensão vinda de algum assinante ou a pessoa contrata o plano mais básico da operadora para receber o sinal e depois substitui o receptor da operadora receptor/ decodificador original pelo pirata que desbloqueará todos os canais.

O receptor/ decodificador pirata receberá as informações compartilhadas de um cartão de acesso válido da operadora de TV por assinatura ou receberá as chaves para decodificação dos canais. Essa recepção normalmente é feita pela Internet e consumo pouquíssima banda.

Se os dados do cartão ou as chaves para decodificação estiverem desatualizadas, então o receptor/decodificador pirata vai apresentar mensagens como "Canal codificado" ou "Sem sinal". Do contrário, tudo vai “florir” perfeitamente.

No caso de transmissão via cabo, basta ter acesso ao cabo da operadora transmitindo sinais, o receptor/ decodificador pirata e acesso a algum servidor que compartilhe os dados para desbloquear os canais.

Veja também:

Pesquisa Personalizada

Fazer Fácil - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet