GPS, conheça um pouco da história do equipamento

GPS é a denominação de Global Positioning System. É um receptor especial de ondas de rádio que mede a distância do ponto em que você está até satélites que orbitam a terra emitindo esses sinais de rádio. O GPS pode dar a sua posição em qualquer lugar do mundo. E usar esse serviço é grátis – apenas você precisa ter um receptor de GPS.

Você pode comprar um receptor de GPS barato, colocar algumas baterias nele e pronto: irá ter a sua localização na tela em alguns instantes.

Existem alguns outros sistemas de localização por satélite na órbita da terra, como o russo (Glonass), ou em planejamento e execução, como o europeu (Projeto Galileo) mas com aplicação comercial somente o GPS (Global Positioning System).

A história do GPS

O GPS é uma evolução de um antigo sistema de posicionamento por sinais de rádio chamado LORAN (Long Range Aid to navigation). O LORAM era um sistema de posicionamento que media a diferença de tempo entre sinais de rádios recebidos e foi desenvolvido durante a II Guera Mundial.

O primeiro passo para a criação do GPS foi em 1957 quando os russos colocaram o primeiro satélite em órbita da Terra, o Sputnik, que usava um rádio para transmitir sinais que informavam sua localização.

Cientistas americanas chegaram a conclusão que se eles soubessem a localização precisa de um satélite, eles poderiam localizar a posição exata de um ponto na terra medindo a intensidade com que o sinal de satélite chegaria no receptor, na Terra. Essas conclusões foram informadas ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Na década de 1960 existiam vários sistemas rudimentares de posicionamento por satélite já que as forças armadas americanas, cada uma de forma independente, trabalhava em um sistema.

Somente em 1973 a Força Aérea Americana foi escolhida para liderar um projeto de desenvolver um sistema de posicionamento por satélite militar, comum as três forças. Esse projeto resultou no NAVSTAR (Navigation Satellite Timing and Ranging) Global Positioning System que é o nome oficial do programa GPS americano.

As forças armadas não estavam apenas interessadas em saber o posicionamento ao levr o projeto a frente. Um sistema de localização por satélite também ode ser usado para servir de controle de navegação para mísseis e foguetes. O famoso míssil Tomahawk usa o GPS para controlar sua navegação. Também é por existir a possibilidade de uma país inimigo usar o próprio sistema GPS americano contra os Estados Unidos que a versão civil do GPS é muito menos precisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.