Tratamento da parede antes da aplicação do papel de parede

Superfícies já revestidas com papel de parede

Caso não se trate de papel lavável, raspe toda a parede antes de voltar a revesti-la. Antes de raspar molhe-a bem coro água morna. Utilize uma trincha velha ou um pano para aplicar a água até que a cola amoleça. Servindo-se depois de uma espátula larga, raspe cuidadosamente o papel, evitando ferir a parede.

Se os papéis forem pintados ou envernizados, utilize primeiro uma escova de aço, molhe e só depois recorra à espátula.

Forma correta de retirar o papel de parede antigo
Forma correta de retirar o papel de parede antigo

Finalmente, limpe com um pano molhado com solvente próprio, para que desapareçam todos os vestígios de cola.

Quando se trata de remover o papel de uma superfície estucada, faça-o com todo o cuidado, pois a espátula poderá danificá-la. Experimente, primeiro, numa pequena superfície. Se obtiver resultados satisfatórios, raspe o resto da parede. Caso contrário, aplique o papel novo sobre o velho.

Reboco novo

Se mudar para uma casa recém-construída com as paredes de reboco não revestido, informe-se junto do construtor quanto tempo dever á esperar antes de aplicar o papel. Certas qualidades de reboco necessitam de, pelo menos, seis meses para secar; outras, porém, podem ser pintadas ou forradas quase imediatamente. Regularize, se necessário, a superfície do reboco antes de aplicar o papel.

Estuque novo

Aplique um selador ou uma demão de cola de papel e deixe secar. Assim evita que a umidade da cola aplicada no papel amoleça o estuque. Utilize papel de forro sob o papel decorativo, se necessário.

Superfícies pintadas com tinta plástica

Se a superfície estiver em bom estado e tiver um acabamento fosco, lixe-a levemente e aplique o papel. Coloque primeiro papel de forro, sobretudo se o papel decorativo for pesado. Onde a tinta plástica estiver a escamar raspe-a ou lixe-a com uma lixadeira vibratória antes de aplicar o papel.

Superfícies pintadas a esmalte

Esfregue bem com pedra-pomes ou com lixa d’água e passe água limpa. Tape quaisquer fendas existentes e aplique o papel de forro.

Mais operações de preparação da superfície antes da aplicação do papel de parede

Isolamento

O uso de um isolante evita que uma parede absorva rapidamente a água da cola, o que lhe proporcionará tempo para poder colar o papel na posição correta. O isolante é comprado sob a forma de pó e é depois misturado com água ou pronto para uso. Siga as instruções da embalagem — se o isolante for excessivamente forte, a parede pode ficar demasiado escorregadia, tornando quase impossível fixar o papel.

Pode igualmente dar uma demão de cola celulósica como isolante eficaz. Após aplicar o isolante, deixe a parede secar e lixe levemente antes de colocar o papel.

Aplicação de papel de forro

Pode ser utilizado para ocultar imperfeições da parede ou como base para o papel decorativo. Neste caso, deve ter uma cor que se aproxime à deste.

Aplique o papel de forro horizontalmente, unindo as tiras topo a topo. Corte estas de modo que o seu comprimento cubra toda a largura da parede. Antes de assentar o papel, dobre-o em forma de foic e comece o trabalho partindo da parte superior da parede.

Ao revestir os cantos, não utilize uma tira inteira de papel exclusivamente para este fim. A tira que reveste o canto deve ultrapassá-lo cerca de 2,5 cm, assentando-se depois, topo a topo, a tira seguinte.

Não revista toda a parede, se apenas uma parte dela se apresentar irregular. Coloque primeiro o papel de forro na superfície defeituosa, deixe as suas extremidades soltas e rasgue-as logo que a cola estiver seca. Passe em seguida a lixa para regularizar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.